Feminismos e Percursos de Igualdade: Feminismos árabes e Feminismos islâmicos

No passado dia 26 de Novembro de 2011 realizou-se, no âmbito do projecto big~Ei, o primeiro curso livre intitulado “Feminismos e Percursos de Igualdade: Feminismos árabes e Feminismos islâmicos” no Centro de Cultura e Intervenção Feminista da UMAR contando com uma audiência de mais 35 pessoas.

O programa contou com cinco painéis de debate: Histórias e correntes dos feminismos árabes e islâmicos, situação actual das mulheres em países em conflito, revoluções nos países árabes e resistências femininas e feministas, mulheres árabes e muçulmanas na Europa: práticas culturais, liberdade religiosa e direitos humanos, feminismos islâmicos, árabes e ocidentais – relações, convergências e divergências.


O primeiro painel de debate contou com as presenças de Shahd Wadi, doutoranda em Estudos Feministas na Universidade de Coimbra e bolseira da FCT e com Laure Rodríguez Quiroga activista e investigadora do Feminismo Islâmico Contemporâneo.

Para ouvir a intervenção na íntegra clique aqui! *

Já passava da hora prevista no programa, devido ao debate intenso e enriquecedor sobre os temas do anterior painel, quando Olímpia Pinto (moderadora) introduziu e apresentou a mesa do segundo painel. Não tenho sido possível contar-se com a presença de Haifa Zangana por motivos de saúde  (investigadora e activista nas questões relacionada com os conflitos no Iraque e direitos das mulheres), Guadalupe Magalhães iniciou a leitura  da comunicação de Haifa. De seguida, Shahd Wadi introduziu as questões dos Feminismos Palestinianos: (re)xistindo nos corpos ocupados.
 

Para ouvir a intervenção na íntegra clique aqui! *


Após o encerramento deste dois painéis da manhã, o Centro de Cultura e Intervenção Feminista da UMAR organizou um almoço com iguarias árabes, desde as entradas à sobremesa, preparado e coordenado por Teresa Sales, activista pela luta dos direitos das mulheres e membro da direcção da UMAR.

Eram, sensivelmente, 14h30 quando se iniciou o terceiro painel, moderado por Salomé Coelho, com o visionamento de 3 trailers de Leil Zahra Mortada, Directora do Projecto Palabras de las Mujeres de la Revolución Egipcia seguidos do comentário de Sandra Monteiro, directora do jornal Le Monde diplomatique – edição portuguesa desde Fevereiro de 2005.

Para ouvir a intervenção na íntegra clique aqui! *

No quarto painel, a equipa do projecto big~Ei, teve a oportunidade de organizar  a mesa com as presenças de Yasmine Gonçalves na qualidade de moderadora e com as intervenientes Teresa Toldy, doutorada em Teologia Feminista pela Philosophisch e Faranaz Keshavjee com formação em Antropologia Social, mestre em estudos islâmicos e humanidades  e candidata a doutoramento pela Universidade de Cambridge, no Reino Unido.

No encerramento, Feminismos islâmicos, árabes e ocidentais: relações, convergências e divergências, como último painel deste curso livre contou-se, mais uma vez, com Laura Rodríguez Quiroga e Manuela Góis, Vice-Presidente da UMAR.


Este é um resumo muito aquém, claro, do que realmente se debateu e expôs ao longo deste dia sobre os Feminismos e Percursos de Igualdade, contudo, deixamos a todas as pessoas que participaram e as que, eventualmente, não puderam comparecer, esta breve descrição de um dia imerso nos feminismos árabes e islâmicos.

Mais abaixo poder-se-á, ainda, encontrar os seguintes documentos para consulta: cartaz, programa, notas biográficas e referências bibliográficas das intervenientes, “A Explosão dos Úteros: Mulheres Palestinianas entre o Patriarcal e o Colonial” de Shahd Wadi pela Universidade de Coimbra e  “Secularist Dreams” and “Women’s Rights”: Notes on na “Ambiguous Relationship” de Teresa Toldy pela Universidade Fernando Pessoa.


*Edição Áudio: Daniel Cardoso, a quem agradecemos o apoio.

 

Documentos de Apoio:
Cartaz
Programa
Notas Biográficas Oradoras
Referências Bibliográficas
Texto de Apoio intervenção Shahd Wadi
Texto de Apoio intervenção Teresa Toldy

 

.::Destaque::.

destaque2
cartaz_01.jpg

Newsletter

Free business joomla templates