Feminismos, 80 anos depois

Os 80 anos do I Congresso Feminista e da Educação (1924-2004)


Manuela Tavares

CONSTRUIR UMA MEMÓRIA HISTÓRICA

"Os feminismos precisam de uma memória. Construir essa memória, transmitir uma história dos feminismos é um desafio político e historiográfico".

Foi desta forma que a historiadora Anne Cova terminou a sua comunicação na sessão de abertura do seminário evocativo dos 80 anos do I Congresso Feminista e da Educação, que se realizou de 4 a 6 de Maio de 2004 em Lisboa e sobre o qual a revista História publicou uma síntese no seu número de Junho último.

O significado histórico deste seminário merece, todavia, uma especial reflexão. Pelas comunicações realizadas, pelas características plurais da iniciativa, pelo facto de termos tido connosco, pela última vez, o referencial de mulher e de figura política que foi Maria de Lourdes Pintasilgo, este seminário evocativo ficará na memória de quem nele participou, como mais um marco histórico dos feminismos em Portugal.

Excerto de um artigo publicado na revista História sobre os eminário evocativo.
O texto integral encontra-se em formato pdf, pelo que é necessário possuir o Adobe Acrobat Reader.

Efectuar download da versão integral »»