O Lado F da Arte

Teatro do Bairro | R. Luz Soriano, 63, Bairro Alto - Lisboa

O lado F da ArteEvocando o Dia Internacional dos Direitos das Mulheres, a Rede 8 de Março propõe um sábado diferente. Através do cinema, do teatro e da música, o feminismo surge na celebração da sua pluralidade e das suas possibilidades. O desafio está lançado: pode a arte ser feminista? Quais são então as questões feministas? Transformamos o mundo a partir do palco? Que corpo é esse que é filmado? Tudo é comprometimento? Não podemos dançar simplesmente? Qual é o lado F? Se não conseguirmos responder a tudo, pelo caminho ampliamos o mundo e depois nós já não seremos as mesmas. Neste dia conjugam-se todos os outros. Não estamos a cumprir o calendário. Queremos o futuro agora.


Entrada livre.

 

 

Mini-mostra de cinema feminista

|Sessão I |O Pessoal é Político |15h

|Sessão II | A minha avó também é feminista |16h20

|Sessão III |Des-Construir |17h45

Intervalo de 10m entre as sessões.

Conversa |O que pode ser o cinema feminista? |19h

Com Valérie Mitteaux, Raquel Freire e Sofia Roque (outras oradoras ainda por confirmar).

Teatro |22h

A VIRGEM DOIDA

Teatro strip

Um espetáculo de Mónica Calle

Festa F |23h30

Dj's set | Maria P, Miss Sara

Programação detalhada será divulgada em breve.

Organização: REDE 8 DE MARÇO

Para mais informações: http://rede8marco.wordpress.com/