Encontros culturais na intervenção contra a violência (CEINAV)

CEINAV – "Cultural encounters in intervention against violence"

ceinav 2014

O projeto CEINAV assenta numa abordagem dual relativa aos encontros culturais no que se refere às questões da ética, justiça e cidadania, através da incidência na proteção dos direitos fundamentais das mulheres e das crianças. Serão exploradas as interseções (e por vezes, tensões) entre culturas nacionais legais e institucionais, padrões europeus comuns e a diversidade crescente nos países da Europa, onde fronteiras simbólicas de pertença cultural em constante construção também define realidades de exclusão social e inclusão. Nas atuais controvérsias em torno do multiculturalismo e das políticas de reconhecimento, as relações de género e de geração, no interior de cada grupo social, necessitam de maior atenção: são cruciais para perceber o equilíbrio entre, por um lado, a autonomia e empoderamento dos indivíduos, por outro, o dever de proteção por parte do estado, e, ainda, o respeito pelos diversos conceitos de família e comunidade.

Links:
http://heranet.info/ceinav/
http://ceinav-jrp.blogspot.de/
http://www.fpce.up.pt/love_fear_power/ceinav/ceinav.html
http://www.fpce.up.pt/love_fear_power/ceinav/ceinav_eng.html

ceinav 2013The Project CEINAV - Cultural Encounters in Intervention Against Violence takes a dual approach to cultural encounters as they play out in ethics, justice and citizenship, through a focus on the protection of fundamental rights of women and of children. It will explore both the intersections (and at times, collisions) across national legal and institutional in the search for common European standards, and the growing diversity in European countries, where symbolic boundaries of cultural belonging, while constantly "under construction", also defines realities of social exclusion and inclusion. In the current controversial debates on multiculturalism and the politics of recognition, relationships of gender and generation within every social group needs closer attention: they are closer to balancing autonomy and empowerment of individuals, the duty of the state to protect, and respect for diverse concepts of family and community.

Nesta ordem de ideias, os objetivos do Projeto CEINAV são:
  • Contribuir para o diálogo entre os discursos do multiculturalismo e diversidade em diferentes linguagens e disciplinas europeias;
  • Clarificar as implicações das normas europeias da legislação nacional e das práticas de proteção e prevenção para os encontros culturais, tomando em conta as múltiplas estruturas de interseção do poder e da opressão;
  • Analisar as questões éticas dos direitos e descriminação que emergem das interpretações do dever do Estado de proteger contra a violência: interpretações essas que estão embrenhadas nas políticas e nos procedimentos de intervenção, no interior destes quatro países europeus;
  • Elaborar uma abordagem intersecional para a intervenção que reconheça a voz e a agência das vítimas de grupos sociais diferenciados;
  • Elaborar os fundamentos transnacionais para uma ética de boas práticas.
The Project CEINAV will:
  • contribute to dialogue among the discourses on multiculturalism and diversity in different European languages and disciplines;
  • clarify the implications of European norms, national legislation and practices of protection and prevention for cultural encounters, taking account of multiple and intersecting structures of power and oppression;
  • analyse the ethical issues of rights and discrimination arising from interpretations of the state's duty to protect as embedded in policies and intervention procedures, within four European countries;
  • frame an intersectional approach to intervention that recognizes the voice and agency of the diverse victims;
  • built a transnational foundation for ethical guidelines for good practice.
Equipa(Team):
Líder do projeto (PI 1): Prof. Em. Dr. Carol Hagemann-White, Departamento de Educação e Estudos Culturais, Universidade de Osnabrück, Alemanha.
PI 2: Professora Associada Vlasta Jalusic, Universidade de Ljubljana e Universidade de Primorska, Ljubljana Instituto da Paz, Eslovénia.
PI 3: Professora Liz Kelly, Roddick Chair em Violência Contra as Mulheres, Universidade London Metropolitan, Centro de Estudos sobre o Abuso de Crianças e Mulheres (WCASU), Reino Unido
PI 4: Professora Maria José Magalhães, Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto, Portugal.
PI 5: Dr. Thomas Meysen, Diretor Científico, Instituto Alemão para os serviços Humanos da Juventude e Leis de Família, Heidelberg, Alemanha.

Equipa de Investigação Portuguesa (Portuguese Research Team):
Maria José Magalhães
Ana Castro Forte
Maria Clara Sottomayor
Angélica Lima Cruz
Deidré Matthe

Parceiras Associadas (Associate Partners)
Ilda Afonso – UMAR, União de Mulheres Alternativa e Resposta
Leonor Valente Monteiro – Associação Projecto Cria

Links
http://www.fpce.up.pt/love_fear_power/ceinav/ceinav.html
http://www.fpce.up.pt/love_fear_power/ceinav/ceinav_eng.html