Posição da UMAR sobre os recentes acontecimentos na televisão portuguesa.
Sobre os recentes casos ocorridos na televisão portuguesa, nos programas "A Vida Nas Cartas – o Dilema" exibido na SIC a 2 de Junho e no Programa "Love on Top", exibido na TVI no dia 4 de Junho, a direcção da UMAR vem mostrar a sua revolta e profunda indignação na forma como profissionais de televisão dos referidos programas abordaram a questão da violência nas relações de intimidade às mulheres que no momento se mostraram ser alvo de violência doméstica. Isto é inaceitável, pois a violência doméstica é crime público desde o ano 2000!

Nos últimos 12 anos, e segundo os dados do OMA - Observatório das Mulheres Assassinadas da UMAR já foram mortas mais de 400 mulheres às mãos de maridos, namorados, ex-maridos e ex-namorados.
A violência doméstica, assim como a violência no Namoro, existe e é Crime, e tem que ser combatida, em união, por todas e todos, reagindo e denunciando junto das entidades competentes.

pdfLer comunicado em anexo.