Valentina Loução (1952 – 2012)
valentinaÉ com grande pesar que tomámos conhecimento do falecimento da nossa querida amiga e associada Valentina Loução. Aos 60 anos, após uma corajosa e derradeira luta contra o cancro, Valentina faleceu este fim-de-semana, estando ainda na nossa memória a sua participação no último desfile do 25 de Abril em Lisboa.

Mulher de causas e de grande dedicação enquanto militante política, foi activista e dirigente sindical. A sua sensibilidade para a constatação das discriminações e desigualdade de género numa sociedade patriarcal, levaram-na a aderir à nossa associação e a ser uma das fundadoras da UMAR em Setúbal e membro do Conselho Nacional da UMAR. A sua acção enquanto sindicalista com ligação estreita às trabalhadoras nos locais de trabalho tinha também esse cunho de despertar nelas a necessidade de lutarem pelos seus direitos enquanto mulheres, tendo participado nas diversas lutas pelos direitos das mulheres, com particular destaque para a luta pela despenalização do aborto.

Lutadora, serena, solidária, forte e corajosa são alguns dos atributos imediatos que podemos associar à nossa querida companheira Valentina, cuja atitude era, para muitas de nós que com ela conviveram mais de perto, uma inspiração.

À família enlutada, com destaque para a filha, o filho e o companheiro, a UMAR endereça os mais sentidos pêsames.

O seu corpo estará, a partir das 10h desta segunda-feira, dia 8 de Outubro, na Capela de Nossa Senhora do Socorro, em Setúbal, realizando-se o funeral às 16h.

UMAR

7 de Outubro de 12