Maria Teresa Horta - uma feminista coerente

maria teresa hortaSe a nossa admiração como feministas por Maria Teresa Horta era grande, a digna atitude por ela tomada de não querer receber um importante prémio literário pelas mãos de Passos Coelho, aumentou ainda mais essa nossa estima e admiração.

A coerência é uma atitude pouco comum nos tempos que correm.

Obrigada, Maria Teresa Horta, em nome da UMAR, por essa coerência e atitude feminista de não submeter os nossos ideais a interesses momentâneos, embora legítimos.