OMA/UMAR - Observatório das Mulheres Assassinadas - conferência de imprensa - 22 de novembro, pelas 10h00, no Centro de Cultura e Intervenção Feminista
O OMA/UMAR - Observatório das Mulheres Assassinadas vai divulgar os dados das mulheres assassinadas em contexto de femicídio no presente ano de 2019, no próximo dia 22 de novembro, pelas 10h00, no Centro de Cultura e Intervenção Feminista em Alcântara, numa conferência de imprensa que contará com a presença da senhora Secretária de Estado Rosa Monteiro, a Presidente da UMAR Maria José Magalhães e da Equipa do OMA Sónia Soares, Elsa Branco e Fátima Alves.

Todos os anos o OMA publica um relatório com dados sobre o número de mulheres assassinadas, as suas idades, os locais dos homicídios, a arma utilizada, assim como o contexto em que o crime foi praticado e a relação da vítima com o agressor. O relatório é apresentado também por regiões e carateriza a situação profissional das vítimas e dos femícidas. Um quadro comparativo das ocorrências nos últimos anos serve de base para uma análise mais aprofundada do femícidio em Portugal. Se estiveres interessada, aparece!

No mesmo âmbito, a UMAR - União de Mulheres Alternativa e Resposta já publicou o seu manifesto "DE LUTO E EM LUTA PELAS MULHERES ASSASSINADAS" referente ao 25 de novembro, Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra as Mulheres: https://www.facebook.com/notes/umar-uni%C3%A3o-de-mulheres-alternativa-e-resposta/de-luto-e-em-luta-pelas-mulheres-assassinadas/10156700387358616/.

oma 2019

Pelas mais de 500 mulheres assassinadas desde 2004, apelamos a que te juntes a nós na Marcha pelo Fim da Violência contra as Mulheres, no dia 25 de novembro, 2ª feira, que tem encontro marcado para as 17h30 no Largo do Intendente, em Lisboa. Evento em: https://www.facebook.com/events/954098841622587/